Santiago, um caso de amor

Sempre tenho dificuldade para começar um texto novo, ainda mais de uma viagem com tanta coisa pra falar. Santiago saltou da sexta posição, como destino internacional mais procurado por brasileiros, em 2016, para segundo lugar em 2017, perdendo apenas para Lisboa, e ficando a frente de cidades como Miami, Nova York e Orlando.

Sendo assim, é facil imaginar que todo tipo de dicas e roteiros possam ser encontrados, a apenas um Google de distância.

Então o que apresentar de novo? Como “vender” essa cidade que tanto amamos, sendo que ela já está tão badalada?

Vou tentar responder essas questão e inovar ao longo do texto. E vou tentar fugir dos tradicionais roteiros e apresentar um relato de viagem. Um relato real do nosso mais novo amor, Santiago!

Foi nossa primeira viagem internacional juntas. A Thayz e a Cacau já haviam desbravado a Europa em 2013. Eu também, em 2011, sem elas. Essa viagem representava um fechamento de ciclo para todas nós, por vários e diferentes motivos.

Chegar em Santiago, do aeroporto, já é diferente. A vista da Cordilheira espanta e encanta, mesmo com poucos pontos brancos de neve.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

Rolou até disputa pra saber quem sentaria na janela pra presenciar melhor o espetáculo. Eu acabei vencendo.

Chegamos no dia 21\12, e já tínhamos tour marcado pro dia 22 (Termas de Colima e Embalse el Yeso) e pro dia 23 (Viña del Mar e Valparaíso). No dia 24 já embarcaríamos para San Pedro, rumo ao deserto. Então espantamos a preguiça e fomos bater perna. Em Santiago esse foi o nosso principal meio de transporte. Só usamos táxis para ir e voltar do aeroporto.

Após uma breve olhada no Google e mapas, saímos em buscar do Palacio de la Moneda, sede da Presidência da República chilena. O palácio está localizado no centro da cidade e é ladeado por duas praças.

Já passava das 18 horas quando conseguimos explorar a região. As ruas estavam lotadas e o sol ainda brilhava forte. Observamos que muitas pessoas, após o expediente, sentavam em gramados e praças para conversar e aproveitar o final do dia.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Praça da Constituição
[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Praça da Cidadania, ao sul do Palácio – Avenida Libertador Bernado O’Higgins

Nossa primeira impressão de Santiago, devo confessar, não foi das mais positivas. Muitas pessoas e sujeira, um trânsito caótico, vendedores ambulantes ocupando toda a calçada.

Voltamos para o nosso Hostel, que foi indicação da Nath do Enfim Nômades, e amamos. Aproveitamos o jantar por lá mesmo. Na nossa segunda noite, decidimos aproveitar o Pub Crawl oferecido no hostel, experiência que nenhuma de nós havia vivido antes. Mesmo não sendo do estilo “baladeiras”, adoramos a experiência, foi super divertido e ótimo para conhecer pessoas novas.

Com dois dias de tour, só conseguimos explorar melhora a cidade na volta, já no começo desse ano.

Retornamos para o mesmo hostel, Hostal Providencia, no dia 02/01, mortas de fome e resolvemos explorar o outro lado da rua do hostel. Subimos a nossa avenida Vicuña Mackkena em direção ao bairro Bellavista. E ai encontramos uma Santiago muito mais bonita e encantadora.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Ponte Pio Nono

A ponte sobre o rio Mapocho liga o bairro Providencia ao Bellavista, e se tornou famosa por receber os cadeados apaixonados, assim como em diversas outras cidades.

Depois do almoço fomos em busca de um bom lugar para comprar vinho. Recebemos no hostel a indicação do supermercado Jumbo, que fica localizado no Costanera Center Mall, mesmo lugar que abriga a Sky Costanera, a torre mais alta da América Latina.

A visita a torre era uma das coisas que a Thayz queria fazer em Santiago, optamos por deixar para fazer no final da viagem. Mas os gastos no deserto acabaram sendo maiores que o planejado e, de verdade, nenhuma de nós tínhamos o dinheiro necessário para isso ($15.000 pesos). Outro fator que nos fez desistir foi a visibilidade, que não estava boa. De acordo com as dicas que nos deram, não vale a pena subir se o fog estiver muito forte, como era o caso daquele dia. Então deixamos para a próxima.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Sky Costanera

No shopping, visitamos o Hard Rock Café, parada obrigatória em todos os nossos destinos.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

O dia 03 foi nosso última dia de viagem e consequentemente, ultimo dia em Santiago. O plano era visitarmos o Cerro Santa Lucía e o Cerro San Cristobal.

A caminho do Cerro Santa Lucía atravessamos o Pileta Parque Floresta, uma praça cheia de verde e de monumentos.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Fuente Alemana
[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]
Monumento al genio de la libertad

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

O Cerro Santa Lucía é um monte situado no centro da cidade e a 629 metros acima do nível do mar, com 65.300 metros quadrados de área. Na parte mais alta do Cerro, da pra se ter uma visão muito legal da cidade.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

O cansaço de toda a viagem já estava batendo. Nosso voo de volta para o Brasil era de madrugada e o pique para continuar andando e explorando Santiago já estava diminuindo. Demos uma passada pelo boêmio bairro Lastarria, onde almoçamos (vale a pena conhecer, é uma graça!). E depois, a Cacau decidiu voltar para o hostel, e eu a Thayz seguimos para o Parque Metropolitano, onde fica o Cerro San Cristobal e o zoológico nacional.

A entrada do parque fica ao final da rua Pio Nono, e o acesso ao Cerro San Cristobal é feito por um funicular. A fila estava enorme e descobrimos que o funicular estava quebrado, e portanto, o acesso ao Cerro estava sendo feito de ônibus. Isso foi o bastante para desistirmos da ideia. Seguimos para o Pátio Bellavista tomar sorvete e nos despedir de Santiago, agradecendo pelos dias maravilhosos que a capital chilena nos proporcionou.

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

[hapiness] [https://viajoamanha.com/hapiness-only-real-when-shared/]

Isabella de Vito

Jornalista e profissional de Educação Física. Ama viajar e acompanhar o time de futebol em todos os jogos.

More Posts