Rota do Sol – Passeio pelo Litoral Sul de Natal

Rota do Sol e Litoral Sul

Mais um passeio maravilhoso realizado em parceria com a Marazul em Natal: O tour pelo Litoral Sul.

Esse passeio é um pouco mais curto do que os outros que fiz com eles, mas nem por isso é menos gostoso. Aliás, é o oposto =D

O roteiro segue pela Rota do Sol (que liga Ponta Negra à Pipa) até Nísia Floresta, e conta com paradas em lugares importantes na história do Rio Grande do Norte, e do Brasil, além de restaurante, praia e lagoa. Assim, é um passeio completo!

Precisa de hospedagem em Natal? Clica aqui 

Barreira do Inferno

Saímos da loja da Marazul, em Ponta Negra, às 08:30h e nossa primeira parada foi no Centro de Lançamentos de Foguetes da Barreira do Inferno.

É uma base da Força Aérea Brasileira, que foi fundada em 1965. Assim sendo a primeira base aérea de foguetes da América do Sul, transformando Natal na capital espacial do Brasil.

Lá se concentram operações de lançamentos de foguetes de pequeno e médio porte.

O nome de Barreira do Inferno foi dado pelos pescadores locais devido às cores das falésias na praia, que ficam avermelhadas no amanhecer e por isso parecem um muro de fogo

O centro de lançamento conta com um museu, porém nós não visitamos. Conhecemos somente por fora, onde tem réplicas de foguetes e aviões da FAB.

Barreira do Inferno
Barreira do Inferno

O museu funciona diariamente das 9h às 16:30h, e as visitas são gratuitas e guiadas. Mas é interessante entrar em contato antes de ir.

Maior Cajueiro do Mundo

Após essa parada, seguimos para o Cajueiro, passando pela feira de Pium.

Não descemos, mas é uma das feiras mais famosas do Rio Grande do Norte.  Tem gente que atravessa a cidade só para comprar frutas lá!

Já o Cajueiro de Natal é o maior cajueiro, e maior arvore frutífera do mundo! Tem mais de 8500 metros de área, e já ultrapassou as barreiras do Parque do Cajueiro. Além disso, vem tomando conta de partes das ruas adjacentes também.

Maior Cajueiro do Mundo
Maior Cajueiro do Mundo

Sua última poda aconteceu em 2006, e desde então foi proibido cortar seus galhos, pois esta prática estava enfraquecendo a árvore.

O tronco principal tem uma raiz pivotante que cresce para baixo, assim, todos os galhos são originários desse tronco. Quando outros galhos tocam o solo, criam novas raízes, por isso ele cresceu tanto.

Tronco Principal - Cajueiro
Tronco Principal

É estimado que a arvore tenha aproximadamente 129 anos a idade, e especula-se que um pescador chamado Luis Inácio de Oliveira tenha sido o responsável pela plantação do cajueiro.

Outras histórias indicam que na região havia muitos roedores, como cotias, que podem ter enterrado a castanha do caju, dando origem à arvore.

Em 1994 entrou para o Guiness Book, e já chegou a produzir 80 mil cajus no ano, o que equivale a duas toneladas e meia da fruta.

Cajueiro de Pirangi

Na última década a arvore sofreu uma diminuição da frutificação, devido às condições climáticas, à poluição, e até mesmo à idade do cajueiro.

Além de aprender tudo isso na visita, e poder comer um caju docinho direto do pé, você ainda pode apreciar uma vista impressionante da copa do cajueiro, com a praia de Pirangi ao fundo, subindo no Mirante.

Mirante do Cajueiro
Mirante do Cajueiro

Mirante dos Golfinhos e Praia de Camurupim

Após visitarmos o Cajueiro, seguimos no sentido de Nísia Floresta.

Mas antes de chegar à Praia de Camurupim, paramos no Mirante dos Golfinhos, na Praia de Tabatinga.

Essa é uma das minhas praias preferidas da vida!!!

E do Mirante, além da vista maravilhosa do mar e das falésias, se você der sorte, os golfinhos podem aparecer para fazer gracinhas e se exibir.

Mirante dos Golfinhos
Mirante dos Golfinhos

No dia desse passeio, eles estavam aos montes, uma coisa linda! <3

Em seguida fomos para nossa parada de almoço, que aconteceu no Restaurante Camurutaba, já na praia de Camurupim.

A comida é gostosa, tem preço justo, e serve bem.

Depois ficamos pela praia por cerca de 2 a 3 horas. O diferencial de Camurupim se dá devido aos arrecifes, que além de deixar a praia mais bonita, a transforma em piscinas naturais.

Praia de Camurupim
Praia de Camurupim

Praia de Camurupim
Piscina Natural

Portanto, as águas são calmas e o nível do mar costuma ser baixo, o que é perfeito para quem quer curtir uma praia mais tranquila.

Lagoa de Arituba

Após a praia, seguimos para a Lagoa de Arituba, que é uma das mais movimentadas lagoas turísticas do estado.

É grande em extensão, mas não tem muita profundidade.

Tem uma estrutura bacana de restaurante e barracas, além de atrativos como pedalinho, tirolesa, stand-up paddle, entre outros.

Lagoa de Arituba
Lagoa de Arituba

Lagoa de Arituba

A lagoa é super deliciosa, a água tem uma temperatura excelente, e essa parada finaliza o passeio com chave de ouro! Super revigorante!!!

Passamos mais um tempinho por lá, e antes de retornarmos à Ponta Negra, paramos na Casa da Tapioca.

Um lugar rústico, numa casinha de taipa que vende a autentica tapioca nordestina feita em forno a lenha.

Casa da Tapioca
Casa da Tapioca

Além disso, também vende cocadas deliciosas, grude e café. O local é administrado pela mesma família há 70 anos. Vale a pena a visita!!!

Esse passeio parece ser simples para quem vê somente a descrição, mas é uma delícia!!! Ideal para aquele dia do seu roteiro que você precisa de algo mais light!

Pode ir sem medo de errar, tenho certeza que não irá se arrepender de conhecer um pouquinho da Rota do Sol!

Informações do passeio:

Tem saídas diárias, e há transporte de ida e volta do hotel nas regiões de Ponta Negra, Via Costeira e Praia do Meio.

Caso não esteja hospedado nessas localidades, a saída do passeio acontece da loja da Marazul, na Rua Vereador Manoel Sátiro, 75, em frente ao cemitério de Ponta Negra.

 Horário: 08:30 às 17:00h aproximadamente

Valor do passeio por pessoa: R$60,00 – sujeito à variação.

*Alimentação não inclusa

Central de Atendimento Marazul Receptivo: (84) 99909-0990

Site: https://marazulreceptivo.com.br/

*O Viajo Amanhã visitou o Litoral Sul com cortesias através de parceria com a Marazul Receptivo. No entanto, prezamos pela sinceridade com os leitores do blog, e nosso relato é imparcial, contendo nossa opinião sincera, sem controle editorial por parte do parceiro concedente.

Thayz Figueiredo

Thayz Figueiredo

Professora de Educação Física e Psicóloga. Gosta das histórias dos lugares e das pessoas. Ama shows de rock, livros e um bom hambúrguer.

More Posts